moodle

Moodle: tudo o que você precisa saber sobre o ambiente virtual de aprendizagem

Moodle é uma sigla referente ao termo Modular Object-Oriented Dynamic Learning Environment , que em português quer dizer Aprendizagem Dinâmico Orientado a Objetos Modulares. 

Atualmente, ele é utilizado em mais de 233 países, com mais de 83 mil sites registrados. Aqui no Brasil existem mais de 5 mil sites. Com a pandemia, esse número vem crescendo e, cada vez mais, as instituições de ensino estão usando o Moodle como recurso pedagógico.

Com a reforma do Ensino Médio é possível, também, que  aumente consideravelmente o número de intituições que se registrarão na plataforma, uma vez que a oferta deste curso poderá ocorrer em 20% a 30% de maneira virtual.  

Confira o mapa mundial com os locais onde o Moodle é utilizado: Clique aqui

Ambiente Virtual de Aprendizagem

Este ambiente virtual de aprendizagem é utilizado para várias finalidades: cursos  virtuais, semi- presenciais, sala de aula invertida, treinamentos, download e upload de documentos, aulas de reforço, idiomas, cursos livres e uma infinidade de outras funções.

As pessoas que já utilizam o Moodle querem aperfeiçoar-se a cada dia mais para que através dele elas possam oferecer um ensino que utilize a tecnologia a favor da aprendizagem do aluno.

Principais funcionalidades 

O Moodle é mundialmente utilizado para fins educacionais. Ele dispõe de ferramentas denominadas “Atividades” e “Recursos”, sendo:

  •  Recursos: ferramentas utilizadas para disponibilização de conteúdos, como por exemplo: arquivo, livro, URL, página e entre outros. 
  • Atividades: são as ferramentas utilizadas para a interação do aluno com a plataforma através dos exercícios disponibilizados pelo professor de um curso. São elas: Fórum, Questionário, Tarefa, Glossário, Enquete, Diário e outros. 

Recursos

O Moodle denomina de recursos as ferramentas utilizadas para disponibilização de conteúdos de aprendizagem, ou seja, conteúdos que servirão para leitura, visualização para que o aluno compreenda a matéria que está sendo estudada. Abaixo, seguem alguns exemplos de recursos e sua utilidade dentro da plataforma.

Arquivo 

Como o próprio nome sugere, este recurso permite a disponibilização de um arquivo em formato de texto, PDF, uma página HTML com imagens ou objetos flash dentro de um curso. 

O arquivo pode ser exibido na interface do curso ou pode ser solicitado que os estudantes façam o download. É importante ressaltar que os estudantes precisam ter o software adequado em seus computadores a fim de abrir o arquivo.

Um arquivo pode ser usado para:

  • Compartilhar apresentações em classe;
  • Incluir um mini website como um recurso curso;
  • Fornecer arquivos de projetos de determinados programas de software (exemplo: Photoshop. psd) para que os estudantes possam editar e enviá-los para a avaliação.

Livro 

Os professores podem criar um recurso com diversas páginas em formato de livro, com capítulos e subcapítulos. Livros podem conter arquivos de mídia bem como textos e são úteis para exibir grande quantidade de informação que pode ficar organizada em seções.

Um livro pode ser usado:

  • Para exibir material de leitura para um módulo de estudo individual;
  • Como um manual departamental;
  • Como um portfólio para apresentação do trabalho do estudante.

Página 

Permite que um professor crie um recurso de página da web utilizando o editor de texto. Uma página pode exibir texto, imagens, som, vídeo, links da web e código incorporado, como mapas do Google.

As vantagens de utilizar o módulo de página em vez do módulo de arquivo incluem o fato da página ser mais acessível (exemplo: para usuários de dispositivos móveis) e mais fácil de atualizar. Para grandes conteúdos, é recomenda-se a utilizar o módulo livro em vez de uma página. Uma página pode ser utilizada para:

  • Apresentar os termos e condições de um curso ou um resumo do programa do curso;
  • Para incorporar vários vídeos ou arquivos de som juntamente a algum texto explicativo.

Pasta

Permite ao professor exibir um número de arquivos relacionados dentro de uma pasta única, reduzindo a rolagem na página do curso. A pasta zipada pode ser carregada e descompactada para exibição, ou uma pasta vazia criada e arquivos enviados para ela.

A pasta pode ser usada:

  • Para uma série de arquivos em um tópico, por exemplo, um conjunto de documentos de exame passados em formato PDF;
  • Para prover um espaço compartilhado de upload para professores na página do curso (mantendo a pasta oculta para que só os professores possam vê-la).

Rótulo

Inserir textos e imagens no meio dos links de atividades na página do curso. Rótulos são muito versáteis e podem ajudar a melhorar a aparência de um curso. Os rótulos podem ser utilizados para:

  • Separar uma lista de atividades com um cabeçalho ou uma imagem;
  • Exibir um som incorporado ou vídeo diretamente na página do curso;
  • Adicionar uma descrição breve a uma seção de um curso.

URL

É possível disponibilizar um link de web dentro do curso. Pode ser qualquer coisa que esteja livremente disponível on-line, como documentos, vídeos ou imagens e não tem que ser a home page de um site. 

A URL de uma página web em particular pode ser copiado e colado ou um professor pode usar o seletor de arquivo e escolher um link de um repositório, como Flickr, YouTube ou Wikipédia (dependendo de quais repositórios estão habilitados para o site). Observe que as URLs também podem ser adicionados a qualquer outro tipo de recurso ou atividade através do editor de texto.

Atividades

São ferramentas disponíveis para interação dentro da sala de aula virtual idealizadas para os alunos “colocarem a mão na massa” realizando as tarefas e exercícios propostos pelo professor.

Fórum

Permite que participantes tenham discussões assíncronas. Desta forma, eles não precisam estar logados ao mesmo tempo para poderem manter a comunicação.

Tipos de fóruns:

  • Geral: cada participante pode criar um tópico de discussão, além de interagir com os tópicos já criados.
  • P e R (Perguntas e Respostas): os estudantes devem primeiro fazer um post para então serem autorizados a ver os outros posts de outros estudantes.
  • Padrão exibido em formato Blog: este formato faz com que os participantes se sintam em um Blog.
  • Cada usuário inicia apenas um novo tópico: cada estudante pode postar apenas uma discussão.
  • Uma única discussão simples: o tópico com o tema foco de discussão é criado pelo professor. Os participantes podem interagir somente neste post, não podendo inserir novos tópicos.

Esta atividade é também é utilizado para:

  • Um espaço social para os estudantes se conhecerem;
  • Anúncios sobre o curso (usando um fórum de notícias com assinatura forçada);
  • Discutir conteúdos do curso ou os materiais para leitura;
  • Continuar online uma discussão iniciada em sala de aula;
  • Discussões entre os professores (utilize um fórum oculto);
  • Uma central de ajuda onde tutores e estudantes podem conseguir ajuda;
  • Uma área de suporte um-para-um para comunicações particulares entre professor e estudante (usando um fórum com grupos separados e um estudante por grupo);
  • Atividades de extensão, por exemplo “brainstorm” para estudantes sugerirem e avaliarem ideias.

Questionário

Permite criar e configurar questionários com questões de vários tipos, como: múltipla escolha, verdadeiro ou falso, correspondência, resposta curta, entre outras.

Ele pode ter múltiplas tentativas, com questões embaralhadas ou selecionadas aleatoriamente de uma categoria do banco de questões. Cada tentativa é corrigida automaticamente, com exceção das questões dissertativas, e a nota é registrada no livro de notas do curso.

 Chat

É uma ferramenta de comunicação síncrona, ou seja, que permite a interação dos participantes, professores e alunos, em tempo real.

O chat é uma excelente ferramenta para discussões em grupos, quando eles querem conversar sobre um trabalho a ser desenvolvido, momento “tira-dúvidas ao vivo”. Nas universidades, por exemplo, pode ser utilizado para reuniões de TCC.

Enquete

O professor pode construir pesquisas usando diversos tipos de questões, com o objetivo de coletar dados dos usuários e fazer uma estatística de resposta.

Escolha 

Permite ao professor fazer uma pergunta e especificar opções de múltiplas respostas. Os resultados da escolha podem ser publicados depois que os estudantes responderem, após uma determinada data, ou não.

Uma atividade de escolha pode ser usada:

  • Como uma pesquisa rápida para estimular reflexão sobre um tópico;
  • Para testar rapidamente a compreensão dos estudantes;
  • Para facilitar a tomada de decisões do estudante, por exemplo, permitindo os estudantes votarem em uma direção para o curso.

Glossário

Os participantes podem criar e manter uma lista de definições como um dicionário ou coletar e organizar recursos/informações. Um professor pode permitir que arquivos sejam anexados aos termos do glossário. As imagens anexadas são exibidas no termo.

O Moodle também oferece algumas atividades que podem ser utilizadas tanto para disponibilizar conteúdo quanto para realização de tarefas propostas aos alunos, é o caso, por exemplo da Lição e Laboratório. 

Lição

Publica o conteúdo em um modo interessante e flexível. Cada página, normalmente, termina com uma questão e uma série de possíveis respostas. 

Dependendo da resposta escolhida pelo estudante, ou ele passa para a próxima página ou é levado de volta para uma página anterior. A navegação através da lição pode ser direta ou complexa, dependendo em grande parte da estrutura do material que está sendo apresentado.

Laboratório de Avaliação

Permite a coleta, revisão e avaliação por pares do trabalho dos estudantes. Eles podem enviar qualquer conteúdo digital (arquivos), como documentos de texto ou planilhas, e também podem digitar um texto diretamente em um campo utilizando o editor de texto.

Os envios são avaliados por um formulário de avaliação multi-critérios definido pelo professor. O processo de avaliação por pares e a compreensão do formulário de avaliação podem ser praticados antecipadamente com exemplos de envios fornecidos pelo professor, juntamente a uma avaliação de referência. 

Os estudantes recebem a oportunidade de avaliar um ou mais dos envios de seus colegas. Envios e revisores podem ser anônimos, se necessário. 

Os estudantes obtêm duas notas em uma atividade de laboratório de avaliação: uma para seu envio e outra para a avaliação dos envios de seus colegas. Ambas as notas são registradas no livro de notas.

Tarefa

Permite a atribuição de um professor para comunicar tarefas, recolher o trabalho e fornecer notas e comentários. Nela, os estudantes podem apresentar qualquer conteúdo digital como documentos de texto, planilhas, imagens ou áudio e videoclipes. Alternativamente ou adicionalmente, a atribuição pode exigir dos estudantes a digitação do conteúdo diretamente no editor de texto.

Wiki 

Os participantes podem adicionar e editar uma coleção de páginas da web. Um wiki pode ser colaborativo, com todos podendo editá-lo, ou individual, onde cada um tem seu próprio wiki e somente ele pode editar. Um histórico de versões anteriores de cada página do wiki é mantido, listando as edições feitas por cada participante.

Wiki’s têm muitas utilidades, como:

  • Agrupar anotações ou guias de estudo;
  • Os membros de uma faculdade planejarem um esquema de trabalho ou agendar uma reunião juntos;
  • Para que os alunos criem colaborativamente um livro online, produzindo conteúdo em um tópico definido pelo seu tutor;
  • Para narração colaborativa ou criação de poesia, onde cada participante escreve uma linha ou verso;
  • Como uma revista pessoal para notas de exame ou revisão (usando um wiki individual).

Se além de todas essas ferramentas você sentir falta de alguma outra, é possível inseri-la através de plugin. 

O Moodle é open-source

Isso significa que ele possui código aberto e, por este motivo, qualquer pessoa pode alterá-lo sem infringir políticas de software. O Moodle permite, também, a inserção se plugins de idiomas, permitindo que qualquer país possa utilizá-lo, mesmo que ainda não tenha seu idioma configurado de maneira automática. 

MoodleMoot

Há anos é feita uma conferência que se chama MoodleMoot. O evento reúne desenvolvedores e administradores do ambiente virtual. Esta conferência acontece em vários países do mundo. No Brasil já foram feitas 19 edições. 

A reunião conta com pessoas de todo o mundo para apresentar e conhecer projetos de gestão de conteúdos educacionais. 

A AIX é especialista em Moodle!

O Moodle é um espaço educacional e por isto pode ser utilizado por qualquer setor que deseja utilizá-lo com esta finalidade. São diversos recursos para que você possa elaborar cursos da maneira versátil e criativa.

Pode ser utilizado, por exemplo, pelo setor de RH para cursos de capacitação e treinamento dos colaboradores. Pelos setores de Suporte, Desenvolvimento e qualquer outro que vise o aperfeiçoamento e capacitação da sua equipe.

O Time da AIX está a disposição para ajudá-lo na parte pedagógica e na disponibilização de conteúdo no Moodle. Entre em contato aqui.