netiquetas

Netiquetas para as salas de aulas virtuais: 7 dicas

A pandemia do Covid-19 instaurou rapidamente uma nova realidade nas escolas do País e do mundo: a das salas virtuais e o uso de plataformas de videoconferência. 

De uma hora para outra, alunos e professores que ainda não estavam acostumados a esse ambiente tiveram de se adaptar a ele. Porém, para que esse espaço seja mais seguro e agradável é preciso seguir suas “netiquetas”.

Não vale tudo na internet, pelo contrário. 

É essencial saber se portar adequadamente no espaço digital, ainda mais quando se trata do meio educacional. Mas, não se preocupe: não há nenhuma regra difícil ou impossível de seguir. Vamos mostrar justamente isso neste artigo!

O que são netiquetas?

Para entender bem as netiquetas é importante saber a história e significado dessa palavra. Foi a norte-americana e consultora de WordPress, Judith Kallos que, ainda em 1988, criou o termo “netiquette”. A expansão tecnológica e o uso cada vez maior dos computadores a motivaram a criar cursos que focavam a boa e cordial atuação nesse ambiente virtual.

Depois de um tempo o termo ficou mais próximo de nós e se transformou em netiquetas, uma junção de “network” e “etiquetas”. Ou seja, estamos falando do comportamento recomendado no ambiente virtual de trabalho.

As netiquetas são importantes para qualquer atividade no espaço online. Mas, no ambiente educacional elas ganham ainda mais relevância, pois envolvem a formação das pessoas. Utilizá-las é pré-requisito para a obtenção de bons resultados, principalmente no contexto da escola 3.0.

Apesar de existir há muito tempo, a palavra netiqueta nunca esteve tão atual! 

Dicas de netiquetas para as salas de aula virtuais

Em 1988 ainda não existiam diversas ferramentas online como hoje, a exemplo do Moodle, plataforma aberta de ensino e aprendizado virtual muito utilizada por escolas e empresas atualmente. Assim como aumentaram os recursos, as netiquetas também se multiplicaram. 

Abaixo separamos algumas das principais. Confira:

1. Não grite!

Essa regra vale para tudo: desde o tom de voz até o uso de letras maiúsculas nos diálogos escritos. Precisou escrever para alguém ou falar algo no chat? NÃO FAÇA ISSO AQUI. O uso da caixa alta em todas as palavras dá a entender que você está gritando, por mais que esteja dizendo algo na maior tranquilidade possível.

Deixe as letras maiúsculas somente para quando elas são indispensáveis, como no início das frases. Além disso, se precisar utilizar vídeo ou microfone, mantenha também um tom de voz ameno, agradável, que não se sobressaia aos demais ou que transmita sinais de impaciência/desespero/descontrole.

2. Opte por uma linguagem mais fluida

A Internet tem sua linguagem própria. Mesmo em um ambiente formal, como o das salas virtuais escolares, tente não falar de forma muito complicada, como se você estivesse lendo um livro acadêmico. 

Espera-se do ambiente online algo mais leve, embora não menos respeitoso. Isso vale também para a escrita. Evite textos muito longos, com grandes parágrafos e detalhes que não sejam tão importante. O ambiente virtual pede mais agilidade e fluidez.

3. Não exagere nas gírias e emoticons

Sim, você não deve ser tão formal quando estiver em uma plataforma de ensino online. Mas também não exagere: não é só porque você está na internet que deve abusar do uso de gírias próprias desse meio e nem dos famosos emoticons.

Um “=)” no fim de uma frase ou um “joinha” pode soar bem. 

Mas, uma conversa somente com “=(“ “xD” e outros emoticons definitivamente não é a mais adequada e nem a mais acessível de todas. Ponderar e medir o uso desses recursos próprios do ambiente digital é uma regra de netiquetas de ouro!

Veja como carregar videoaulas dentro do YouTube e do Vimeo

4. Não deixe no vácuo

Se alguém falou com você, essa pessoa espera uma resposta. Quando se trata do meio educacional, mais ainda. Esteja sempre atento para não deixar ninguém sem um retorno. Isso, além de não passar uma boa imagem, pode ter consequências sérias no ensino e aprendizado, fazendo com que as pessoas não avancem naquilo que precisam.

Se puder, dê preferência por responder de forma imediata, para não haver esquecimentos posteriormente. Caso não seja possível, você pode deixar lembretes para si mesmo e evitar contratempos.

5. Jamais ofenda

O ambiente virtual, muitas vezes, dá mais coragem para as pessoas se manifestarem de forma mais incisiva ou agressiva. A falta do face a face acaba fazendo com que os indivíduos se sintam mais à vontade para fazer colocações que não fariam pessoalmente. Prova disso é a série de comentários que se vê por aí em sites de notícias, nas redes sociais e em vídeos, por exemplo.

Por mais que algo tenha lhe tirado do sério, lembre-se de que o respeito, a cordialidade e a educação são para todos os espaços, virtuais ou não. 

Antes de dizer ou digitar algo, pense bem naquilo que vai fazer e na imagem que você deve transmitir aos outros. Evite discussões acaloradas ou polêmicas. Foque no que é realmente importante naquele momento e no que, de fato, acrescenta para todos os envolvidos.

Veja como gravar aulas utilizando o OBS Studio

6. Separe o público do privado

Há ocasiões online que reúnem um grande número de pessoas, como reuniões ou aulas virtuais. Porém, não ceda à tentação e à comodidade de tentar resolver tudo o que acontece no mesmo momento, em meio a todos os participantes. Existem assuntos que podem e devem ser tratados de maneira individual.

Teve algum problema que o incomodou bastante? Siga as netiquetas e chame as pessoas envolvidas no particular. Caso contrário, pode-se provocar discussões sem fim, além de constrangimentos e fuga do objetivo principal. Preserve a si mesmo e aos outros desse tipo de ocorrência.

7. Entenda a funcionalidade das plataformas

Para seguir bem as netiquetas, procure sempre compreender o funcionamento da ferramenta que você usa ou vai utilizar. As plataformas de ensino têm vários recursos importantes, mas que você pode aprender previamente. Assim, na hora que efetivamente for recorrer a ele, tudo ocorrerá de forma mais fluida, ajudando a preservar o tempo de todos. 

Conheça a sala de aula virtual e torne-se integrante do grupo de instituições de ensino que estão inovando a educação.