segurança da informação

Entenda a importância da segurança da informação e saiba como proteger seus servidores

Embora muito se fale em segurança da informação, diversas pessoas ainda não entendem bem o significado desse conceito e até mesmo a importância de se investir em sua aplicabilidade. E esse é um erro grave!

Não ter os dados protegidos faz com que a sua instituição de ensino fique vulnerável a ataques. Isso porque informações importantes da instituição podem cair em mãos erradas ou mesmo desaparecer de um dia para o outro, gerando prejuízos enormes.

Diante desse cenário, é essencial que escolas e faculdades tenham um planejamento para a coleta e armazenamento de dados, que ela contrate as melhores ferramentas e recursos tecnológicos e que treine os colaboradores para que eles fiquem atentos ao tema.

Neste artigo vamos falar mais sobre como uma instituição de ensino deve agir para se proteger e manter-se saudável ao longo do tempo. Acompanhe!

Conheça os principais tipos de ataques

Para começar, é essencial compreender quais os tipos mais comuns de ataque. Essa é uma das melhores formas de entender a importância de se investir em segurança da informação e compreender os riscos que se corre ao não agir assim.

Dados sequestrados

Uma forma muito comum de ataque são os sequestros de dados. Por meio de ransomware, ou seja, de um software malicioso, o criminoso virtual impede o acesso da empresa às suas próprias informações, exigindo uma quantia pelo resgate. Uma mensagem que aparece na tela dá mais detalhes sobre o que está sendo realizado, fazendo a cobrança de um valor para que tudo volte a ser como antes.

Diante de um quadro como esse, muitos empreendimentos já chegaram até mesmo a tirar os seus servidores do ar para evitar maiores prejuízos.

Ataque Distributed Denial of Service (DDoS)

Outra maneira de ataque é o DDoS, que simplesmente derruba um site do ar. Isso é possível graças à ação de criminosos virtuais que invadem computadores de diversas vítimas, fazendo com que elas acessem um determinado Portal sem que elas nem mesmo percebam.

Dessa forma, os servidores se sobrecarregam e fica impossível atender toda a alta demanda repentina, gerando uma espécie de colapso.

Saiba como se proteger e manter a segurança da informação

Agora que você já sabe a importância da segurança da informação e quais são os principais tipos de ataque, é essencial que entenda, também, como evitar essas invasões tão indesejadas. Assim, você protege a escola, alunos, pais de alunos, professores e todos que têm os seus dados disponíveis no servidor.

Invista pesado

Para se ter dados realmente protegidos é importante realizar vários investimentos nesse aspecto. Não pense somente em uma ou outra ferramenta. Conte com antivírus, VPN, firewalls e active directory. Atualmente, existem até mesmo sites de vendas que comercializam malwares para quem não sabe criá-los. Portanto, com ações de ataque cada vez mais comuns e acessíveis, apenas uma forma de cuidado não é suficiente.

Não se esqueça, ainda, que é preciso manter todos esses recursos atualizados de acordo com a necessidade do TI.

Faça backups regularmente

Ter um plano B é essencial em diversos assuntos e quando se trata de segurança da informação não é diferente. Se mesmo com toda a prevenção um ataque ocorrer e não for possível detê-lo, é fundamental que você tenha seus dados seguros em outro local, desconectados da rede.

Faça backups frequentemente e armazene as informações em um servidor externo, HD externo ou na nuvem. Assim, será possível recuperá-los e evitar danos maiores ao seu negócio.

É importante não deixar a mídia onde o backup está disponível conectado em seu servidor, senão o backup também estará sujeito ao ataque de ransomware.

Atualize os softwares e drives constantemente

De nada adianta ter as melhores ferramentas se você não souber ou não se preocupar em operá-las da maneira correta. Sabia que, por melhores que sejam os recursos que se tem disponíveis, eles ainda podem possuir falhas? Isso é normal, ocorre com todos e não é nada preocupante, desde que se saiba agir.

As empresas responsáveis por essas ferramentas, obviamente, sabem disso e estão sempre atentas ao assunto, disponibilizando atualizações para eliminar essas intercorrências. É por isso que é tão importante realizá-las. Caso contrário, os criminosos virtuais podem aproveitar as brechas deixadas para operar livremente.

Controle o acesso dos colaboradores

Outra importante ação que deve ser realizada é o controle de acesso dos colaboradores. Isso porque, se todos tiverem portas abertas às informações integrais da instituição, até àquelas que não são de suas áreas de interesse, falhas humanas poderão ocorrer mais cedo ou mais tarde.

Um exemplo disso é quando um funcionário que não é de um determinado setor deleta uma informação importante por não saber da relevância dela. Isso pode custar caro para a instituição. Portanto, restrinja os acessos e deixe com que cada pessoa cuide apenas daquilo que é de sua responsabilidade.

Conte com ferramentas de monitoramento

Os ataques podem ocorrer de uma hora para outra, quando menos se espera. Por isso, é importante não somente saber como combatê-los, mas estar atento à possibilidade de eles acontecerem a qualquer momento. É essencial ter ferramentas de monitoramento para auxiliar nesse processo.

A área de TI precisa ter conhecimento de tudo o que está acontecendo na rede. Assim, pode diagnosticar rapidamente condutas inadequadas ou mesmo mudanças de padrões. Aí é só agir imediatamente para não permitir que os criminosos virtuais continuem a sua empreitada.

Crie uma política de segurança

Por fim, é essencial que as instituições de ensino não somente invistam em todas as ações descritas neste artigo, mas que as consolide em uma política de segurança. Todos os colaboradores devem ter acesso a um material contendo os riscos da não proteção de dados e o que precisam fazer caso algum problema seja diagnosticado.

Um exemplo do que pode ter nesse conteúdo são as formas como cada um deve agir em caso de ataque. Por exemplo: percebeu algo errado? Em vez de tentar solucionar sozinho, procure auxílio do setor capacitado para lidar com o problema sem maiores danos.

A segurança da informação é algo imprescindível dentro das escolas e das faculdades. Não ter um plano de ação e cuidado com os seus dados pode levar a consequências graves, expondo os pontos fortes e fracos do seu negócio à concorrência ou mesmo jogando fora anos de trabalho e dedicação. Os seus servidores precisam de proteção para que a instituição não venha a sofrer amargamente diante do agir de criminosos virtuais.

Gostou deste artigo? Então, baixe agora o nosso ebook que traz um guia de segurança da informação. Saiba ainda mais detalhadamente o que fazer para que o seu negócio não seja pego por um ataque surpresa.